HTTP 2, como funciona e como ele mudará a web

Compartilhe:

HTTP 2: a evolução do HTTP

HTTP (Hypertext Transfer Protocol) ou Protocolo de Transferência de Hipertexto é um protocolo criado em 1999 para distribuir conteúdos de texto na rede. Ele é utilizado pelos sites para transferir o conteúdo dos servidores para o seu navegador!

Porém, como tudo na área da tecnologia evolui, o protocolo HTTP também evoluiu. Sua tecnologia antiga (possui praticamente as mesmas características desde 99), vem deixando de se adequar com as tecnologias atuais. Por isso, foi criado o HTTP 2!

http 2

O HTTP 2 foi feito para ter muito mais segurança, desempenho muito superior (especialmente para smartphones), facilita as coisas para desenvolvedores e seus novos métodos chegam até a reduzir a carga que o servidor utilizar e o processamento / memória que seu navegador vai precisar para carregar os dados!

Os principais recursos que virão nele, são:

Compressão automática:

Os dados atualmente vêm como um simples texto navegando do servidor para seu navegador. No HTTP 2, obrigatoriamente eles virão comprimidos (similar a um arquivo “.zip”). No HTTP 1 isso já acontece, porém apenas uma parte do conteúdo vem comprimida, o que não ajuda tanto assim…

Criptografia e segurança:

Sabe quando você acessa um site e aparece aquele cadeado do lado do endereço dele? Isso significa que você está utilizando uma conexão segura (em SSL). Porém, nem todos os sites possuem isso. No HTTP 2 essa conexão segura será obrigatória! Isso significa que todos os seus dados serão criptografados entre o navegador e o servidor, impedindo que eles sejam roubados caso você esteja em uma rede pública ou qualquer rede insegura.

Requisições em paralelo:

Os sites não são feitos com apenas um arquivo. O carregamento é feito por no mínimo 4, 5, às vezes até 50 arquivos para gerar apenas uma única página. Para carregar cada um desses 50 arquivos, o navegador abre uma nova conexão com o servidor, depois ele fecha a mesma. E quando precisar de outro arquivo, ele abre uma nova requisição. Isso deixa o processo muito lento, pois às vezes o servidor pode demorar para responder na segunda requisição. Com o HTTP 2, todos os arquivos serão transferidos em apenas uma única requisição, assim como os cabeçalhos que precisam ser enviados agora apenas uma vez. Isso economizará muita banda e deixará o sistema MUITO mais rápido.

Preferência por dados:

No novo protocolo, os dados serão trazidos de acordo com sua necessidade. Ao invés de esperar o site carregar todas as imagens, scripts, estilização, o HTTP 2 vai enviar: Os textos e os dados do site e o estilo. Enquanto você pode visualizar o site, ele vai carregando os scripts e as imagens, que dependendo do caso não tem uma importância extrema para carregar e podem esperar alguns milésimos de segundo para aparecer ..

Por enquanto não veremos o HTTP 2 rodando. O mesmo está sendo implementado aos poucos nos servidores e nos navegadores.

A previsão é que até 2016 os navegadores já tenham suporte e grande parte dos servidores já estejam adequados para trabalhar com HTTP 2!

Inscreva-se na Newsletter

Receba semanalmente conteúdos gratuitos sobre hospedagem de sites e marketing digital.

Mais conteúdos:

DESCONTO!

100%

Digite seu e-mail
e resgate seu cupom!