Como você sabe, nós iniciamos uma série chamada “E-commerce: venda sozinho na internet” e nela, nós te ajudamos a preparar todos os pontos para que o seu negócio seja sucesso no mercado. No episódio de hoje, você vai conhecer as formas de envio dos produtos da sua loja virtual! Um ponto essencial, não é mesmo?

E se você perdeu o episódio anterior, é só clicar no link abaixo! 😉

 

Leia também: Venda sozinho na internet – Conheça as formas de pagamento.

 

Formas de envio do e-commerce: os primeiros passos

Um ponto muito importante para o seu negócio, é cuidar da entrega dos produtos da sua loja virtual. E para isso, existem diversas maneiras para você escolher o que melhor se adapta a sua empresa e que vá trazer satisfação aos seus clientes. Afinal, se o cliente gosta do seu serviço/produto, as chances dele voltar e agregar potenciais consumidores para sua loja, são muito maiores.

Os meios mais comuns para entrega, são através dos Correios e de transportadoras, como a Jadlog, por exemplo.

– Correios

Se tratando dos Correios, você tem a opção de fazer ou não, um contrato. Porém, com o contrato você tem alguns benefícios, descontos e mais alternativas de pagamento. A entrega através dos Correios é bem conhecida e também utilizada. Existem algumas restrições, como: limite de peso, em até 30kg e dependendo da categoria, como o Sedex 10, essa restrição passa para 10kg.

– Transportadoras

Se você precisa enviar produtos com mais de 30kg, contratar os serviços de uma transportadora pode ser a melhor opção. O cálculo de frete vai variar de acordo cada empresa e o funcionamento da mesmo. Um bom ponto em optar por uma transportadora, é que os riscos de ocorrerem paralização e greves, são muito menores. E produto entregue no prazo, é a felicidade do cliente!

 

Outras formas de envio

Se você está iniciando seu projeto agora, pode não ter como contratar os serviços do Correios ou de uma transportadora. Mas não é por isso que você vai ficar sem solução. Existem ainda, outras opções para te ajudar nesse momento do começo da sua loja virtual.

– Veículo próprio

Dependendo da localidade da entrega do seu produto, uma opção como forma de envio é utilizar seu veículo próprio. Dessa forma, você não precisa de terceiros para realizar o processo e ainda consegue ter controle do seu prazo de entrega.

– Motoboy

Aqui, uma opção prática e com custo nem tão alto. Com o motoboy, você pode fazer a entrega dos seus produtos sem precisar realizar contratos com o Correios ou transportadoras, por exemplo. Serve até, para quando surgir algum imprevisto e você precisar de uma solução rápida.

– Retirada no local

Se você possui loja física ou um ponto para retirada, aqui está uma solução viável tanto para você, quanto para o seu cliente. Em muitos casos, essa é uma das soluções mais escolhidas pelos clientes que, têm a opção de comprar pela internet e somente retirar o produto depois. Uma das vantagens desse meio, é a ausência da taxa de frete.

 

Leia também: Você sabe o que é hospedagem compartilhada? Conheça agora

 

Processos para o envio

Depois de escolhido o melhor método de envio dos seus produtos, é importante se atentar também, aos processos envolvidos no envio. Pois existem algumas coisas simples, mas que não passam despercebidas pelo senso crítico do seu cliente. Por exemplo, deixar bem especificado para o cliente o prazo da entrega (explicando fatores como: contando a partir da confirmação de pagamento etc), o valor do frete, enviar a nota fiscal junto com o produto, entre outras coisas.

Um ponto bem importante para você, na hora de enviar a mercadoria, é a cubagem. Nela, você irá medir as dimensões do produto: largura, altura, profundidade e peso. Esse passo é crucial, principalmente se você utiliza o Correios ou transportadoras. Vale lembrar, que as medidas são feitas depois do produto embalado.

 

Dicas extras

Quem não quer uma boa dica, não é? E para finalizar o episódio de hoje, nós temos duas dicas para você que está nesse processo de envio dos produtos da sua loja virtual.

  • A primeira, é você liberar o rastreamento do produto. O cliente fica ansioso pela espera do produto e, quando você possibilita que ele consiga acompanhar a entrega, tudo fica melhor.
  • A segunda, é você analisar formas de conseguir frete gratuito para o seus clientes. Um dos motivos que fazem os consumidores desistirem, é a alta taxa de entrega das lojas virtuais. Conseguir frete gratuito ou com uma taxa menor que o mercado, pode te ajudar!

 

Leia também: E-mails no SPAM? Entenda porquê isso acontece!