por Tatto de Castro, sócio-fundador da ServerDo.in
tatto@serverdo.in

Quer saber quanto fatura um portal de notícias? Preparamos uma projeção para você, tomando como base a experiência da ServerDo.in no atendimento de clientes que são veículos de comunicação e trabalham com a produção e atualização em tempo real de suas plataformas digitais.

O que é um bom resultado de faturamento para portais de notícias?

Dois fatores merecem atenção dos donos e gestores de portais de notícias quando pensam a respeito do faturamento.

Audiência

Atingir novos públicos e, por consequência, aumentar a audiência é sempre uma boa oportunidade de aumentar seu faturamento seja com venda direta, seja com Google Adsense e outras fontes. Por isso, é importante pensar em estratégias relacionadas com a distribuição do conteúdo do portal, o que influencia positivamente no aumento do tráfego.

As redes sociais servem para isso, além de avaliar o envio de manchetes e links via Newsletter por e-mail ou por WhatsApp. Outra ação simples é colocar em todas as notícias os links de cada canal de distribuição (redes sociais, WhatsApp e e-mail) para que seus leitores possam compartilhar as notícias de modo fácil e prático.

Um dica para atrair mais visitantes e que sempre passamos para os portais de notícias que atendemos, é fazer parte de plataformas como Google Publisher e Google News. São canais de busca do Google especializados em mostrar resultados de sites de notícias. Isso atende um público que está em busca deste tipo de conteúdo, o que é ótimo para gerar pageviews, mas também criar fidelidade e ampliar a profundidade de navegação – o que aumenta o tempo de permanência no portal e reduz a taxa de rejeição, o que torna o portal mais otimizado para as buscas via Google.

Faturamento por pageview

Os números apresentados a seguir não são exatos porque o faturamento de um site de notícias envolve diferentes variáveis. A região da audiência do portal, por exemplo, tem grande influência e a diversidade das fontes de receitas, ainda mais. Já a métrica que usamos para definir quanto fatura um portal de notícias com BONS resultados é R$ 35 mil para cada 1 milhão de pageviews. Isso dá um volume de 0,035 centavos para cada 1 pageview.

Consideramos um faturamento de 0,035 centavos por pageview em seu portal de notícias um resultado BOM. É claro que o desempenho pode ser ótimo e atingir números ainda maiores. Isso é ainda mais comum quando você tem um portal de notícias regional/hiperlocal ou trata sobre um público de nicho.

Por isso, embora 0,0035 centavos por pageview sejam resultados bons de faturamento, a grande maioria dos nossos clientes da área de notícias, que segue linhas editoriais como as citadas acima, informaram resultados de faturamento próximos de 1 a 1,5 centavos por pageview. Em comum também, esses clientes procuram diversificar suas fontes de receita, junto com o foco no aumento da audiência.

É sobre isso que trato a seguir.


Leia também:

ServerDo.in hospeda mais de 90 portais de notícias

Hospedagem especializada em portais de notícias? Conheça!

Prepare seu site para a cobertura e apuração das Eleições

Como monetizar seu site ou blog com o Google Ad Manager


Sugestões para diversificar fontes de receita para portais de notícias

Aqui na ServerDo.in trabalhamos para entender o mercado e analisar possibilidades para melhor atender e contribuir com as estratégias dos portais de conteúdo. E a diversificação de receitas também é alvo de análises e conversas que temos com profissionais da área, como é o caso do jornalista e gestor de conteúdo Alexandre Gonçalves, do Primeiro Digital, parceiro da ServerDo.in, e que costuma dizer que o caminho para a geração de receitas e somar tijolinhos. Ou seja, agregar diferentes fontes, formatos e modelos de remuneração para alcançar o faturamento desejado. A partir dessa ideia, listamos a seguir sugestões para portais de notícias incrementarem seus resultados.

1) Venda seus anúncios

Parece simples e básico, mas ainda há muitos portais de notícias que não têm mídia kit ou material próprio para a venda de seus espaços para anúncios. É fundamental preparar uma página no site com dados sobre público, segmentação de perfil, comportamento, além da descrição dos espaços publicitários disponíveis e modelos de venda direta que você trabalha, incluindo os valores.

Quando um anunciante começa a montar sua estratégia de marketing, vai ao mercado em busca sites de referência e relevância que possa veicular sua campanha com maiores chances de retorno e com melhor custo-benefício. É muito mais barato para a empresa que quer investir quando o portal de notícias que conta com uma equipe comercial para negociação direta em vez da chamada mídia programática com o uso da plataforma do Google Ad Manager, por exemplo.

Algumas empresas parceiras nos apresentaram estudos apontando que apenas 30% dos espaços publicitários em sites são vendidos de forma direta ao anunciante sem passar por uma rede de anúncio como Criteo, Taboola, Outbrain ou Google AdSense. O que acompanhamos é que o volume médio de venda direta é ainda menor que as informações que recebemos. Ou seja, os portais têm uma oportunidade a explorar quando decidem se estruturar e oferecer seus espaços publicitários, partindo do mídia kit para ter uma fonte de receita.

2) Redes de anunciantes, header bidding e mídia programática

Se você tem um portal de notícias é muito provável que já esteja integrado com alguma rede de anunciantes, possivelmente agregada a um gerenciador de banners. Por exemplo, a ServerDo.in tem um manual que ensina você a integrar seu site com a rede do Google Ad Manager (baixe aqui).

O que você tem que saber é que quando seu site tem pouco volume de acesso, não consegue negociar com as redes de anúncios com melhores valores. Para sites com mais de 1 milhão de pageviews, nossa recomendação é que busquem contato com agências de gestão de redes de anúncios.

O que essas agências fazem é gerir o volume de anúncios de todos os clientes de forma unificada. Então, em um trabalho cooperativo, a agência busca os melhores valores de negociação com as redes de anunciantes. O aumento dos valores por banner exibido são maiores, aumentando o faturamento do portal de conteúdo e também remuneram a agência que faz a gestão dos anúncios.

A ServerDo.in tem agências parceiras para indicar. Caso queira avaliar se consegue aumentar seu faturamento com anúncios com a mesma audiência basta entrar em contato com nosso setor comercial que iremos indicar os parceiros.

3) Mídia nativa

Você já deve ter notado que em alguns sites existem notícias que, na verdade, são links para outros sites. Esse links geralmente ficam posicionados no final do conteúdo, exibidos em um mesmo bloco com links também para o próprio portal de notícias. Esse tipo de anúncio é o que chamamos de mídia nativa e tem como empresas Taboola e Outbrain como as de maior relevância aqui no Brasil.

Esse modelo de anúncios tem apresentado bons resultados por ser uma nova fonte de receita que em alguns casos chega a representar 20% do faturamento total do portal de conteúdo. Além disso, também é um forma de aumentar o engajamento do leitor em seu site porque, além de notícias e campanhas de terceiros, apresentam notícias orgânicas do seu próprio site.

4) Publieditorial

Conteúdo editorial, criado pela redação, mas com o patrocínio de uma marca é uma ótima fonte de faturamento. Você não irá abrir mão de sua linha editorial, desde que a comunicação sobre o apresentado seja clara. Isso pode ser feito com uma mensagem em texto (Conteúdo oferecido por…) ou um selo informando que aquele material é um Publieditorial.

O conteúdo editorial relevante não precisa ser uma propaganda. O patrocinador pode apoiar uma cobertura especial ou uma série de reportagens especiais que tenham relevância e aderência ao seu mercado e aos leitores. Esse tipo de ação permite uma maior associação da marca e não tira a liberdade editorial do seu veículo.

5) Assinatura online, Paywall e Paywall Poroso

Manter uma redação com jornalistas, fotógrafos, editores e demais profissionais tem um custo que o acesso total e irrestrito ao conteúdo não se justifica pelas outras fontes de renda aqui. Nos últimos anos muitos portais de conteúdo têm caminhado para essa decisão.

Existem muitos modelos onde todo o conteúdo é bloqueado apenas para assinantes. Outros liberam um volume de matérias sem restrição, depois pedem um cadastro gratuito e por fim surge a barreira de assinatura ou cobrança chamado de Paywall.

Um modelo que temos acompanhado e que gera um resultado muito bom é um híbrido. O leitor tem acesso irrestrito a notícias factuais. No caso das páginas de colunistas e conteúdos exclusivos, há uma limitação de acessos gratuitos por mês. Por fim, o acesso a conteúdos de maior profundidade como especiais são é liberado para assinantes pagos. Esse modelo, chamado de Paywall poroso, tem se mostrado o mais adequado. O portal avalia de que forma consegue atrair o público e converter em assinantes os leitores que realmente consideram investir em uma assinatura.

6) Classificados

O modelo de classificados é muito usado por portais regionais de conteúdo. Integrações com imobiliárias e concessionárias através de API permitem que o portal possa iniciar um classificado com um grande volume de anúncios. Com um classificado, é possível cobrar um valor mensal para anunciantes que publicam um alto volume de anúncios e com grande volume de mudanças.

É importante também permitir que a pessoa individualmente publique seus anúncios e consiga efetuar o pagamento. Existem também sistemas onde o cadastro do anúncio é gratuito e o pagamento ocorre apenas para aqueles anunciantes que desejam dar maior destaque ao anúncio.

7) Crowdfunding

O modelo de crowdfunding é mais uma alternativa para – somada a outras iniciativas –  para um portal de conteúdo fechar as contas. O leitores são convidados para colaborarem financeiramente para que um conteúdo seja produzido ou que série especial tenha continuidade. Os sites mais usados em estratégias de crowdfunding no Brasil são APOIA.se e Catarse.

Oferecer benefícios ajudam a estimular a colaboração dos leitores. Nossos clientes que têm obtidos bons resultados com crowdfunding sorteiam livros para os planos de apoio mais simples e enviam livros e outros produtos para leitores que apoiam com valores maiores.

É possível também você adicionar botões de pagamento recorrente do Paypal ou PagSeguro, por exemplo. Dessa forma você não precisará de uma plataforma para gerenciar sua base de apoiadores, fazendo tudo dentro do seu sistema. Ou ainda buscar formas de pagamento recorrentes, que todos os meses debitam do cartão de crédito do apoiador. É uma opção para fidelizar o leitor.

8) Clube de benefícios ou Clube de Vantagens

Descontos em casas de shows, cinemas, restaurantes, livrarias e outros estabelecimentos são grandes diferenciais para percepção de valor e fidelização dos assinantes e apoiadores de portais de notícias. Quando se trata de um portal de notícias local, a negociação com parceiros locais é fundamental. Além disso, para os portais locais, e principalmente para os portais de presença nacional, estabelecer essa rede de parceiros capilarizada e com presença nacional é muito importante.

A ServerDo.in tem clientes trabalhando com a Rede Parcerias. Com um valor de investimento relativamente baixo para portais com mais de 1.000 assinantes. a rede oferece uma gama grande de vantagens. Toda negociação já é feita pelo parceiro e seu site entra apenas com a base integrada de clientes aptos a usarem as promoções. Descontos de 30% a 50% em redes de cinema, lavanderias, livrarias, e-commerces e fast food são muito comuns e já podem ser um grande atrativo da sua plataforma.

Em vez de partir com uma carteira pequena de parcerias, com um agregador de parceiros você já surge no mercado oferecendo muitas vantagens. Dentro da plataforma você pode incluir também as suas negociações próprias.

Atendimento especializado para portais de notícias

Quer saber sobre outras fontes de faturamento e como a ServerDo.in pode ajudar você com seu portal de notícias? Temos um núcleo especializado em portais de conteúdo, portais de notícias e com grande volume de acessos.

Entre em contato no formulário abaixo. Será um prazer conversar com você.